quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Se é para chorar que seja com estilo.

 

Eu até nem sou de ligar a isto dos dias comemorativos, mas acho a versão nacional do tema A Flor e o Espinho tão, mas tão bonita, que quero aproveitar o facto de hoje ser Dia Mundial da Música para a partilhar com vocês.

Aqui está o videoclip da fabulosa versão portuguesa, criada pela banda "Soaked Lamb" do tema A Flor e o Espinho, um original de Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito, realizado por Tiago Albuquerque.

Agora ponham os olhos na letra aqui em baixo e, depois de chorarem baba e ranho, digam lá se não é a coisa mais comovente do mundo.
 
Antes de começarem a ler, toca a ir buscar os lenços que fungar é feio.

 A Flor E O Espinho            

Tire o seu sorriso do caminho
Que eu quero passar com a minha dor
Hoje pra você eu sou espinho
Espinho não machuca a flor
Eu só errei quando juntei minh'alma a sua
O sol não pode viver perto da lua
Tire o seu sorriso do caminho
Que eu quero passar com a minha dor
Hoje pra você eu sou espinho
Espinho não machuca a flor
Eu só errei quando juntei minh'alma a sua
O sol não pode viver perto da lua
É no espelho que eu vejo a minha magoa
A minha dor e os meus olhos rasos d'agua
Eu na sua vida já fui uma flor
Hoje sou espinho em seu amor

Eu só errei quando juntei minh'alma a sua
O sol não pode viver perto da lua

Tire o seu sorriso do caminho
Que eu quero passar com a minha dor
Que eu quero passar com a minha dor


Ao nível disto, assim de repente, só estou a ver esta.
  
Tempo não Para - Mariza
 
Eu sei
Que a vida tem pressa
Que tudo aconteça
Sem que a gente peça
Eu sei

Eu sei
Que o tempo não pára
O tempo é coisa rara
E a gente só repara
Quando ele já passou

Não sei se andei depressa demais
Mas sei, que algum sorriso eu perdi
Vou pedir ao tempo que me dê mais tempo
Para olhar para ti
De agora em diante, não serei distante
Eu vou estar aqui

Cantei
Cantei a saudade
Da minha cidade
E até com vaidade
Cantei
Andei pelo mundo fora
E não via a hora
De voltar p'ra ti

Não sei se andei depressa demais
Mas sei, que algum sorriso eu perdi
Vou pedir ao tempo que me dê mais tempo
Para olhar para ti
De agora em diante, não serei distante
Eu vou estar aqui

Não sei se andei depressa demais
Mas sei, que algum sorriso eu perdi
Vou pedir ao tempo que me dê mais tempo
Para olhar para ti
De agora em diante, não serei distante
Eu vou estar aqui

4 comentários:

  1. esta também está ao nível ;)
    http://youtu.be/OzrUs08-SWs

    ResponderEliminar
  2. Não conhecia. Muito bonita mesmo. Caramba. A Kleenex hoje está em alta.

    ResponderEliminar
  3. Dia da Música é para sorrir...ânimo...

    ResponderEliminar

Deita cá para fora!