quarta-feira, 30 de julho de 2014

Família Caco foi turista por um dia.

 
No passado fim de semana, levámos Baby Caco a andar no famoso eléctrico 28. Estacionámos junto ao cemitério dos Prazeres (prefiro nem saber a origem deste nome), ponto de partida da viatura, de forma a garantir lugares sentados.
 
Marido Caco mais parecia Gulliver na ilha de Liliput, mas, vá-se lá saber como, conseguiu enfiar-se heroicamente num daqueles banquinhos minúsculos com Baby Caco à janela, a acenar alegremente a tudo o que via.
 
Acabámos por sair na paragem das portas do Sol, não fosse marido Caco ter uma cãibra e ficarmos ali enfiados, toda a santa tarde, à espera que os bombeiros da zona o viessem desencarcerar. Cenário que Baby Caco certamente iria apreciar, mas que, naquela altura, não nos pareceu apropriado. 
 
Passámos o resto da tarde a  lagartar numa esplanada nas Portas do Sol e terminámos o dia no jardim da Gulbenkian, a trabalhar por turnos, que é o mesmo que dizer: "agora vais tu andar a correr com ele atrás dos patos e daqui a dez minutos vou eu. Atenção que o tempo que ele demorar a levantar-se, sempre que cair, também está incluído na contagem".
 
Aqui fica, para mais tarde recordar:
 
Baby Caco armado em príncipe George.
 
Deste lugar para trás, é tudo meu..

 Os nossos parceiros de viagem. Tudo gente fina.

 Atão mas isto não é o 28? São 556 quê? Lugares de pé?!?
 
Porta da rua, serventia da casa.

Vista das Portas do Sol.

Baby Caco a esplanadar. 

Largo das Portas do Sol.

Coisas giras para turista ver - 1.

 Coisas giras para turista ver - 2. 

Coisas giras para turista ver - 3.
 
Coisas giras para turista ver - 4.
 
Local onde apanhámos o táxi de regresso porque o raio do eléctrico estava cheio que nem um ovo. Sim, este dia também assinalou a 1º vez que Baby Caco andou de táxi.

Eu sei. Não tive tempo para pintar as unhas.

Vista de Miss Caco, durante os 10 minutos de pausa no seu respectivo turno.
 
 Baby Caco a preparar-se para afogar um ganso.
 
Baby Caco a questionar porque é que os patos não são todos amarelos como nos livros.

6 comentários:

  1. Fizeste-me relembrar uma viagem que fiz a Lisboa há 3 anos. Andamos no Eletrico 28, estivemos nas Portas do Sol. Foi espetacular!

    ResponderEliminar
  2. Tantas saudades da nossa bela capital!

    ResponderEliminar

Deita cá para fora!