quinta-feira, 13 de julho de 2017

Vim cá para vos falar de um assunto sério.



Quem por aqui costuma andar, sabe que isto costuma ser um antro de rambóia, mas desta vez venho cá, especialmente, para vos falar de um assunto sério.

Também já devem ter reparado que o Caco está mais adormecido do que alguma vez esteve, mas por outras razões de ordem pessoal que talvez um dia ache por bem falar. Ou não.

Este é outro assunto. É um apelo e é bastante sério. A minha melhor amiga precisa de ajuda e tenho esperança que este post possa servir também para ajudar alguém que precise de trabalho, por isso, porque não aproveitar este meio para o divulgar? 

A história é esta: ela mora na zona da Maia e precisa de alguém para tomar conta da mãe no período 12h30/19h30 (este horário poderá ser ajustado) durante os dias úteis. Esta pessoa terá de ser de confiança absoluta, visto a senhora a ser cuidada ter problemas de ordem psicológica, precisando, por isso, de acompanhamento permanente. Não é uma pessoa agressiva (muito pelo contrário), mas não se encontra capaz de executar tarefas básicas como cozinhar ou gerir a casa.

As funções desta "cuidadora" passarão por cozinhar, limpar a casa, ajudá-la a tomar banho (ainda consegue tomar sozinha, mas precisa de apoio), a vestir-se, levá-la a consultas ou a passear. Para isso, é necessário que tenha carro, more preferencialmente na zona da Maia, seja carinhosa, tenha alguma paciência, bom senso e sobretudo honestidade.

Se algum de vós conheceis alguém com este perfil, por favor deixem mensagem nos comentários deste post. 

Muito obrigada.  

Até breve e obrigada por ainda estarem por aí, ainda que, nos últimos tempos, apenas a acompanhar o meu silêncio.

4 comentários:

  1. Olá Miss Caco,

    Estou bem mais a sul e não tenho contactos para essa banda, mas queria só deixar um beijinho de força à tua amiga (pois já soube o que é ter um pai dependente e... Ai minha nossa. Nunva mais somos gente depois de certos apertos..) e outro para ti.

    Não estando a passar uma fase boa há largos tempos também, costumo parar oor saiu para ver se há novidades das tuas...

    Não havendo e porque deves estar também a passar por alguma coisa que te deixa pouco tempo ou vontade de cá vir, fica o meu beijinho e a nota de que fazes muita falta!


    Tudo a correr pelo melhor e a encaminhar-se, é o que desejo.


    Isabel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isabel! Que palavras tão queridas! Obrigada e espero que em breve possa voltar por cá novamente ;-) Um beijinho com muita força também para ti.

      Eliminar

Deita cá para fora!