sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Quero um destes.


Mas que não toque.

(...)

Ou então que toque assim. Às três da tarde.

2 comentários:

Deita cá para fora!