segunda-feira, 1 de setembro de 2014

O dia em que confirmei porque é que estou há 19 meses sem usar tacões.


Aqui há uns tempos falaram-me da aldeia de Escaroupim e de um "restaurante maravilhoso em cima do rio, onde se comem umas empadas de perdiz fabulosas". Vai daí, este sábado, rumámos até à dita aldeia, em Salvaterra de Magos, para experimentar as famosas empadas.
 
O que vêem em cima são algumas das casas desta aldeia piscatória que nos anos 30 acolheu pescadores da Marinha Grande que vinham até aqui durante o Inverno para pescar, formando pequenas povoações ao longo do rio, compostas por estas casas de madeira, coloridas e assentes em estacaria que as protegia das cheias do Tejo.
 
Depois de sermos valentemente roubados almoçarmos no "Escaroupim", que fica mesmo ao lado deste conjunto de casas, pareceu-me que o cenário era giro para tirar umas fotos, missão que se revelou praticamente impossível, sobretudo por eu ter achado que, se calhar, 19 meses depois de Baby Caco ter nascido, já era altura de calçar uns tacões. Enganei-me.

Mas pronto. Ninguém é perfeito e eu não posso ter ideias brilhantes 365 dias por ano. Ainda assim, apesar de passar o final de almoço a tentar equilibrar-me com uns saltos de 10 cm em cima destas pedrinhas - que a mim me pareciam crateras lunares -, e de correr com umas autênticas andas atrás de Baby Caco, enquanto ele fugia alegremente em direcção ao rio debaixo de um sol abrasador, isto foi o que se conseguiu arranjar:






 
As fotos das casas, em baixo, foram tiradas ao estilo "relâmpago", enquanto ele berrava descontroladamente no banco de trás do carro (eu nunca disse que foi o passeio perfeito).





Felizmente tive o bom senso de levar umas sandálias rasas no carro, já que o resto da tarde foi passada no IKEA a correr atrás da criatura que insistia em fazer-me passar vergonhas, mais ou menos, deste calibre:


Reparem na cara da mulher ao balcão, como que a dizer: "mas quem é a desgraçada da mãe deste infeliz que o deixa andar por aqui a varrer o chão com os joelhos?!?"

13 comentários:

  1. Não sei qual é pior...se os tacões em cima das pedrinhas da aldeias se a percorrer a Via Sacra do IKEA:)

    As fotos:) um mimo:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Via Sacra foi menos mau porque já estava com sandálias rasas. :-)

      Eliminar
  2. No meu caso, já passaram 3 anos e 4 meses e continuo na moda do rés-do-chão. Acho que nunca mais vou ser a mesma :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também me parece que vou alinhar nessa tendência :-)

      Eliminar
  3. que giras fotos! É menos mau ver uma criança a rastejar do que uma de 19 meses a dizer caralh... :S

    ResponderEliminar
  4. Granda volta que deste aqui.
    Só para mostrar as pernas...

    ...Mas olha que valeu a pena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então vê se ganhas coragem. Estou csnsada de ver tornozelos.:-)

      Eliminar
    2. ... a sugerir-te um bom nutricionista.:-)

      Eliminar
  5. Que sítio giro! Não conhecia! Eu já uso saltos mas parece-me que quando começar a andar vou optar só por rasos! Curiosamente hoje foram uns ténis da keds a darem-me cabo dos pés!

    ResponderEliminar
  6. Sítio giro! Por cá continuamos em modo "flat tire" (só nos pés, que um metro mais acima a história é outra!) porque ele já quase que corre mais do que eu!

    ResponderEliminar

Deita cá para fora!